A região do Alto Paranaíba tem sua colonização fundada nas expedições que entravam pelo sertão em busca de ouro. Entretanto, só a partir de 1895 é que se têm as primeiras notícias acerca das terras que hoje constituem o município de Santa Rosa da Serra. Além do potencial mineral, principal atrativo da época, a região também era propícia ao cultivo do café, fato que culminou com o estabelecimento de várias famílias no local, em fins do século XIX.

O marco inicial do povoado, representado por um cruzeiro erguido nas proximidades dos rios Indaiazinho e Monjolinho, posteriormente constitui-se em uma fazenda, denominada Santa Cruz, coincidindo com a vinda de mais famílias para o lugarejo recém-formado.

A origem do nome está associada à família dos Rosas, os primeiros habitantes do povoado, onde foi instalada uma máquina de limpar café à qual foi dado o nome de máquina Santa Rosa. Subordinado a São Gotardo, o distrito de Santa Rosa da Serra foi criado me 1953, vindo a emancipar em 1962.

Distrito criado com a denominação de Rosalinda (ex-povoado de Santa Rosa), pela Lei nº 1039, de 12/12/1953, subordinado ao município de São Gotardo. Em divisão territorial datada de 01/07/1955, o distrito de Rosalinda figura no município de São Gotardo. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01/07/1960. Elevado à categoria de município com a denominação de Santa Rosa da Serra, pela Lei Estadual nº 2.764, de 30 de dezembro de 1962, desmembrado de São Gotardo. Sede no atual distrito de Santa Rosa da Serra (ex-Rosalinda). Constituído do distrito sede. Instalado em 01/03/1963. Em divisão territorial datada de 31/12/1963, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007. Alteração toponímica distrital Rosalinda para Santa Rosa da Serra, alterado pela Lei Estadual nº 2.764, de 30/12/1962.

Fonte: IBGE